Durão Barroso admite "insatisfação muito grande" dos trabalhadores

No final do primeiro dia da Cimeira Europeia que pretende enviar uma mensagem a favor do crescimento e do emprego, Durão Barroso afirmou que na Europa "todos" conhecem o "descontentamento" dos trabalhadores em Portugal, que protestaram na greve geral de quinta-feira.

"A greve geral é uma manifestação de que há uma insatisfação muito grande em Portugal, nomeadamente entre os trabalhadores. Todos sabemos isso", afirmou o português que preside o executivo comunitário.

Para Durão Barroso, o facto dos líderes europeus terem ontem "tomado medidas importantes é, sem dúvida, um contributo para responder aos problemas sociais que se fazem sentir no nosso país e noutros países europeus".

Porém, Durão Barroso pensa que as expectativas estão demasiado elevadas, no que diz respeito, ao que se pode esperar da Europa, salientando que "muitas das respostas têm de ser tomadas ao nível nacional".

"Não se deve pedir ao nível europeu, aquilo que o nível europeu não tem meios para dar", criticou, explicando que "de acordo com os tratado que temos, a política social, a política de emprego, e a política de educação, tudo isso, é responsabilidade dos governos".

Em relação à resposta que pode ser dada a nível europeu, Durão Barroso anunciou um reforço das verbas para combater o desemprego entre os jovens.

"Por proposta da Comissão, decidimos que, em vez dos 6000 milhões de euros serem para os sete anos, vão ser concentrados nos dois primeiros anos - 2014 e 2015", anunciou Barroso. Acresce que "a flexibilidade acordada entre o Parlamento e o Conselho" o a verba será superior podendo ser "pelo menos 8000 milhões", afirmou.

Barroso espera agora que em Portugal haja capacidade de absorção da verba que cabe ao país.

"O que espero é que haja em Portugal, de facto, a capacidade administrativa de por em prática este programa. E, que haja empresas que estejam disponíveis para contratar jovens mesmo que seja em regime de estágio ou de formação complementar", disse Durão Barroso.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG