Despacho de Gaspar a congelar despesas foi revogado

Despacho estava em vigor desde 8 de abril para compensar temporariamente o chumbo do Tribunal Constitucional.

O despacho determinava a propibição de novos compromissos sem autorização do ministro das Finanças. Apesar de o despacho de cessação só ter sido publicado tem efeitos desde terça-feira.

O Governo avançou na semana passada que o despacho seria suspenso na terça-feira. Mas ontem, avança o Diário Económico, os serviços ainda não tinham recebido qualquer indicação nesse sentido.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG