Costa: "Não teria dado oportunidades a Seguro"

A um dia das primárias no PS, o candidato António Costa afirma, em entrevista ao DN, que "se soubesse o que aprendi nestes quatro meses não teria dado oportunidades a Seguro de se poder afirmar".

O presidente da Câmara de Lisboa garante que o partido não se revê na "acrimónia" de Seguro, de quem diz não ter condições para liderar os socialistas. E acredita que na segunda-feira o PS se centrará no essencial, que é na discussão da alternativa para derrotar e substituir o Governo.

Leia hoje entrevista no e-paper do DN

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG