Costa assume responsabilidade por bandeira ao contrário

O presidente da Câmara de Lisboa enviou hoje uma carta ao Presidente da República em que pede desculpa pelo "desagradável incidente" do hastear da bandeira nacional ao contrário nas cerimónias do 05 de Outubro, assumindo as "responsabilidades" pelo sucedido.

"Quero, em meu nome pessoal e do Município de Lisboa, apresentar desculpas pelo muito desagradável incidente ocorrido no içar da bandeira nacional na varanda dos Paços do Concelho", lê-se no texto assinado por António Costa e enviado hoje a Cavaco Silva, a que a Lusa teve acesso.

"Estou certo que resultou de um lapso involuntário de quem embainhou a bandeira e de que não demos conta de imediato. Em qualquer caso, cumpre-me assumir as responsabilidades pelo ocorrido, e expressar-lhe quanto lamento o incómodo causado a V. Exa., que foi totalmente alheio ao erro cometido", acrescenta o presidente da autarquia de Lisboa.

António Costa diz ainda ao Presidente que "como é natural", está "à inteira disposição" de Cavaco Silva "para o que tiver por conveniente para procurar reparar a situação", referindo que não se opõe "à divulgação pública desta carta".