Consumidores pedem faturas em nome de Passos Coelho

Já são muitos os consumidores que, como forma de protesto, pedem faturas em nome e com o Número de Identificação Fiscal (NIF) de Passos Coelho. O semanário Sol garante que o NIF pertence mesmo ao primeiro-ministro e o Correio da Manhã fala mesmo em milhares de faturas. A TSF avança que os dados de Vítor Gaspar também estão a ser partilhados na Internet. O caso pode vir a ser investigado pelas Finanças.

Segundo o semanário Sol e o diário Correio da Manhã os dados de Passos Coelho estão a circular através de email e SMS, uma situação que é do conhecimento das autoridades.

Ao Sol, o Sindicato dos Trabalhadores do Impostos confirma que tem conhecimento desta situação há pelo menos 15 dias e alerta para os riscos de fraudes destas novas medidas.

"O comerciantes põe o NIF que lhe é dado pelo consumidor final e não tem competência para fiscalizar se o número pertence de fato àquela pessoa", explicou ao Sol Amândio Alves, dirigente do sindicato.

O dirigente sindical explicou ainda que a continuar o protesto, e as faturas em nome do primeiro-ministro a aumentarem, é provável que no final do ano Passos Coelho tenha faturas de valor superior aos rendimentos o que será alvo de uma investigação por parte do Fisco por rendimentos não declarados.

A maioria das faturas relativas ao mês de janeiro devem dar entrada nos serviços do Fisco até ao dia 25 de fevereiro.

Exclusivos