Comissão suspende audição de Vieira da Silva

A comissão parlamentar de inquérito à compra de material militar suspendeu esta quarta-feira a audição ao antigo ministro socialista da Economia Vieira da Silva, depois de ouvir outro ex-responsável por aquela pasta, Álvaro Barreto.

A escassez de conhecimento sobre os assuntos do antigo governante, que serviu o curto XVI executivo constitucional, liderado por Santana Lopes, e a falta de respostas sobre assuntos que não terão sido prioridade ou alvo de abordagem pelo seu ministério motivou a sugestão, por parte do socialista José Magalhães, da dispensa do depoimento do atual deputado do PS Vieira da Silva, agendado para quinta-feira, às 10:00 horas.

Por consenso, os grupos parlamentares acordaram não afastar a convocatória de Vieira da Silva e de outros nomes propostos pelo BE, que poderão ser ativados num momento posterior, caso se justifique.

Quinta-feira, o agendamento das 10:00 vai servir para uma reunião dos coordenadores da comissão a fim de avaliarem sobre a utilidade de outros testemunhos já convocados e também para decidir sobre a eventual suspensão dos trabalhos durante o mês de agosto.

Para a tarde, pelas 17:30, mantém-se a audição ao ex-presidente da Comissão Permanente de Avaliação das Contrapartidas, José Torres Campos.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG