Coelho ordena a Costa que cesse envio de SMS

Comissão Eleitoral avisa candidaturas que devem abster-se de campanha no dia de hoje. Autarca lisboeta diz que envio da mensagem a apelar ao voto em si foi "lapso" e que "não chegou a 5% do universo eleitoral"

A Comissão Eleitoral das eleições primárias do PS avisou este domingo as candidaturas socialistas que devem abster-se de fazerem campanha no dia de hoje, depois da candidatura de António José Seguro ter apresentado queixa por António Costa ter enviado um SMS aos militantes a apelar ao voto em si.

Numa deliberação, a Comissão Eleitoral escreveu que "deve a candidatura de António Costa cessar, com efeitos imediatos, o envio de mensagens SMS durante o dia do ato eleitoral", por estas "poderem influenciar, ainda que indiretamente, o sentido de voto".

A candidatura do autarca lisboeta respondeu que o envio da mensagem a apelar ao voto em si foi "lapso" e que "não chegou a 5% do universo eleitoral". "Detetamos o SMS. Foi um lapso e foi corrigido. Suspendemos de imediato. Não chegou a 5% do universo eleitoral", esclareceu a assessora da candidatura por SMS.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG