Cavaco Silva deseja ano de 2012 "tão bom quanto possível"

O Presidente da República desejou hoje aos portugueses um ano de 2012 "tão bom quanto possível", reconhecendo que na situação actual é difícil não pensar nos "cuidados redobrados do dia de amanhã".

"Este ano vivemos o Natal com a preocupação da crise. Sei que é difícil, na situação actual, não pensar nos cuidados redobrados do dia de amanhã. Mas também sei que os portugueses estão determinados a lutar por um futuro melhor", afirma o chefe de Estado numa mensagem vídeo de boas-festas divulgada no 'site' da Presidência da República.

Sublinhando que o Natal é "a festa da família", Cavaco Silva refere que é precisamente na família que os portugueses podem encontrar os afectos que lhes dão força, a solidariedade que precisam nas horas difíceis e as alegrias que ajudam "a atravessar a vida".

"Na família aprendemos a respeitar o outro, aprendemos os gestos que nos aproximam e nos ensinam que nenhum homem deve viver isolado, que, se dermos as mãos, vamos sempre mais longe", frisa o Presidente da República, que gravou a mensagem de boas-festas na Galeria dos Viveiros em Cascata do Palácio de Belém, junto à exposição de presépios em barro do mestre José Franco.

Ao lado do Presidente da República, Maria Cavaco Silva reforça a ideia, reconhecendo que "vamos precisar muito uns dos outros".

Por isso, defende a mulher do chefe de Estado, "é necessário que o espírito solidário do Natal perdure para lá destes dias de boa vontade e de partilha".

"Que as dificuldades não tenham força para nos afastar do essencial", acrescenta ainda Maria Cavaco Silva.

CLIQUE AQUIpara ver a mensagem de natal do PR.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG