Cavaco rejeita comentar palavras de Soares

O Presidente da República manifestou esta sexta-feira o "grande respeito" pelos anteriores chefes de Estado, escusando-se a comentar as declarações de Mário Soares, que quinta-feira pediu a sua demissão.

"Já disse noutra ocasião e repito agora que tenho um grande respeito pelos antigos Presidentes da República e, por respeito e defesa da dignidade do órgão de soberania que é a Presidência da República, eu nunca fiz, nem nunca farei qualquer comentário sobre aquilo que dizem os antigos Presidentes da República", afirmou o chefe de Estado, Aníbal Cavaco Silva, quando questionado sobre as declarações de Mário Soares na quinta-feira.

Na quinta-feira à noite, na abertura da conferência "Em defesa da Constituição, da Democracia e do Estado social", o ex-chefe de Estado Mário Soares defendeu a demissão do Presidente da República e do Governo, dizendo que o devem fazer enquanto é tempo de "irem para suas casas pelo seu pé" e evitarem "uma onda de violência".

Interrogado sobre as acusações de que foi alvo na conferência de que não respeita a Constituição, Cavaco Silva disse não ser comentador.

"Não sou comentador e não faço comentários", sustentou o Presidente da República, que falava aos jornalistas no final da inauguração do centro internacional da Nokia, em Alfragide.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG