Cavaco "perdeu estatuto e margem de manobra"

Marques Mendes, actual conselheiro de Estado, considerou, em declarações à SIC, que Cavaco Silva "perdeu estatuto e margem de manobra". Ex-líder do PSD acusa PSD, CDS e PS de terem andado a negociar "para o boneco".

Marques Mendes, actual conselheiro de Estado, considerou, em declarações à SIC, que o Presidente da República "perdeu estatuto e margem de manobra" com uma iniciativa "louvável, mas arriscada e quase impossível" que ignorou, nomeadamente, os riscos que estavam no PS - a oposição interna, a posição dos históricos socialistas como Alegre e Soares e o risco de o secretário-geral do PS perder a liderança do partido para António Costa. Riscos, considerou, que levaram Seguro a "preferir o PS ao País".

O ex-líder do PSD afirmou que PSD, CDS e PS "andaram a negociar para o boneco" num "exercício de hipocrisia". "Temos falta de políticos com qualidade e com coragem", concluiu Marques Mendes que sublinhou as "várias propostas" da maioria na procura de um "compromisso" enquanto que o Partido Socialista "nem disfarçou, não fez nenhum esforço de convergência".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG