Cavaco 'muda' local por razões de segurança

A pedido do Presidente da República, que invocou razões de segurança, as comemorações do 5 de outubro não terão lugar, como habitualmente, nos Paços do Concelho da câmara de Lisboa.

O Pátio da Galé [que tem sido palco dos desfiles da Moda Lisboa] é o local escolhido para os discursos por ser mais "resguardado" e por ser um pátio interior que pemitirá controlar todas as entradas, ao contrário do que aconteceria na praça aberta dos Paços do Concelho. A solução terá sido consensualizada com António Costa, presidente da Câmara de Lisboa.

Os discursos da festa da República estarão, assim, reservados aos convidados oficiais. Apenas as honras militares e o hastear da bandeira terão lugar em espaço aberto e público. Fonte da autarquia desvalorizou, porém, a questão da segurança, dizendo que a opção pelo Pátio da Galé se deveu exclusivamente ao conforto dos convidados da cerimónia.

No ano passado, disse a mesma fonte, "as pessoas foram sujeitas a um calor insuportável na Praça do Município e, tendo em conta as cerimónias do 10 de Julho, optou-se, com o acordo da Presidência, transferir para o Pátio Galé a parte dos discursos, mantendo-se as honras militares e o hastear da bandeira nos paços do concelho".

Exclusivos