"Cavaco devia defender juízes do Tribunal Constitucional"

José Sócrates referiu ontem no seu espaço de comentário que a pressão que tem sido exercida sobre o Tribunal Constitucional (TC) "tem sido imensa".

"Lamento que ainda não tenha sido [por Cavaco Silva] feita uma declaração de defesa do Tribunal Constitucional" que vai analisar o Orçamento de Estado. Quanto à fiscalização preventiva das convergências das pensões Sócrates espera que o TC "decida com total liberdade e independência". O antigo primeiro-ministro manifestou que "é difícil considerar esta medida transitória" e considerou "inadmissível reduzir as pensões ao mesmo tempo que se"diminui os impostos às empresas".

Referindo-se ao encontro promovido por Mário Soares na Aula Magna, em Lisboa, defendeu o histórico socialista dizendo que lhe "tentaram tirar brilho" manipulando as suas palavras. "Mário Soares lançou um alerta e não um apelo à violência". A própria igreja já fez este tipo de alertas", justificou. O comentador manifestou-se ainda solidário com o Conselho de Reitores e critico nos cortes anunciadas na educação superior e ciência. "Revelam total incapacidade e visão de futuro do Governo", rematou Sócrates.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG