Bloco está contra redução de deputados

João Semedo declarou que eleitores responsabilizaram o partido pelo falhanço de uma coligação de eaquerda

João Semedo, um dos coordenadores do Bloco de Esquerda (BE), afirmou hoje que o partido está contra a redução do número de deputados de 230 para 180, tal como foi proposto este sábado pelo secretário-geral do PS, António José Seguro. Numa conferência de imprensa para analisar os resultados das eleições europeias, João Semedo classificou-os como "maus".

Porém, João Semedo afirmou que vários fatores concorreram para que o Bloco apenas elegesse Marisa Matias para o Parlamento Europeu, ficando atrás da lista do Movimento Partido da Terra encabeçada por António Marinho Pinto. A "elevada emigração", que nos últimos anos terá afetado mais os jovens, foi uma das causas apresentadas, "já que o Bloco tem muita influência nos jovens", disse Semedo.

Depois, para João Semedo, a opinião pública responsabilizou o Bloco de Esquerda pelo falhanço de uma coligação entre os partidos da esquerda. Por fim, "uma pulsão populista na sociedade portuguesa" que, ainda de acordo com João Semedo, desviou alguns tradicionais votos do BE, eventualmente, para António Marinho Pinto.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG