BE diz que socialistas não servem para combater Governo

O coordenador do Bloco de Esquerda (BE) João Semedo acusou hoje o PS de "derrapar" demasiadas vezes para a direita e de "fugir da esquerda", não servindo para combater o Governo de Passos Coelho.

"É sempre um Partido Socialista a fugir da esquerda e é sempre um Partido Socialista cujo pezinho, ou talvez mãozinha, no caso do PS, [referindo-se ao símbolo do PS que é uma mão fechada em punho], derrapa demasiadas vezes para a direita", acusou o bloquista, durante o seu discurso de encerramento das jornadas autárquicas, que decorreram este fim de semana na cidade do Porto.

Depois de interrogar o PS sobre se se ia posicionar no campo da "alternância ao centro" ou se ia ser um Partido Socialista da "alternativa à esquerda", contribuindo para um "Governo de esquerda", o bloquista declarou que da forma como o PS está a atuar "não serve o combate" para a demissão do Governo de Passos Coelho.

"É isto, camaradas, que não serve a democracia, não serve a esquerda, não serve o combate contra este Governo, não serve o combate para esta demissão", declarou Semedo.

As jornadas autárquicas do BE terminaram hoje, no Porto, com João Semedo a anunciar que o "principal objetivo" do BE é "derrubar este Governo" e "resgatar a democracia do Poder local".

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG