BE chama ministro da Administração Interna ao Parlamento para explicar agressões a jornalistas

O BE vai requerer a presença do ministro da Administração Interna na Assembleia da República para explicar as agressões a jornalistas por parte de agentes da PSP durante a greve geral, disse à agência Lusa fonte oficial.

O requerimento para chamar Miguel Macedo à comissão de Assuntos Constitucionais vai ser anunciado numa conferência de imprensa no Parlamento, às 12:30.

Na quinta-feira à tarde, em dia de greve geral convocada pela CGTP, a Polícia de Segurança Pública (PSP) e várias pessoas ligadas à plataforma 15 de Outubro envolveram-se em confrontos junto ao Largo do Chiado, em plena baixa lisboeta.

Depois de vários manifestantes terem arremessado objetos contra agentes e da esplanada do café A Brasileira ter sido praticamente destruída, a PSP reforçou a sua presença com elementos das Equipas de Intervenção Rápida (EIR) e do Corpo de Intervenção.

Durante os confrontos entre manifestantes e polícias, o fotojornalista da agência Lusa José Sena Goulão, que se encontrava no local a fazer a cobertura do acontecimento, foi agredido.

O repórter fotográfico foi atirado ao chão e depois de se ter identificado como jornalista continuou a sofrer agressões, tendo recebido assistência médica do INEM no local e posteriormente no Hospital de São José.

Nestes confrontos na baixa de Lisboa também a fotojornalista Patrícia de Melo Moreira, da Agence France Presse, foi agredida por um elemento da PSP.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG