Bandeira portuguesa hasteada ao contrário

Poucos populares, mais polícias e jornalistas do que cidadãos anónimos estiveram hoje de manhã, na Praça do Município, na abertura da cerimónia do 5 de outubro. No último ano em que a implantação da República é feriado em Portugal, a bandeira portuguesa foi hasteada ao contrário.

Assim que o Presidente da República, Aníbal Cavaco Silva, hasteou a bandeira, algumas vozes fizeram-se ouvir alertando que a bandeira estava ao contrário, refere a agência Lusa.

"É o estado do país", ouviu-se entre os populares que assistiam à cerimónia, enquanto outros diziam que era uma "gaffe" imperdoável a bandeira ter sido hasteada de forma errada.

Na cerimónia estiveram presentes o Presidente da República, Cavaco Silva, o ministro da Defesa, Aguiar Branco (em representação do primeiro ministro), e a presidente da Assembleia da República, Assunção Esteves.

Os discursos da cerimónia, a cargo do presidente da Câmara, António Costa, e do Presidente da República, Cavaco Silva, foram proferidos no Pátio da Galé, numa cerimónia só para convidados.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG