"Aumento brutal" da despesa em Vila Franca do Campo

O vereador social-democrata Rui Melo lamenta que Ricardo Rodrigues, presidente da câmara de Vila Franca do Campo (Açores) e a maioria do PS tenham fixado o IMI na taxa máxima, referindo que o ex-deputado do PS à AR, "rasgou o compromisso eleitoral de baixar a taxa de IMI".

"Poupar não está na ação dos socialistas e diminuir os impostos municipais para as famílias vilafranquenses só deverá acontecer quando se aproximarem as eleições", disse.

Os vereadores do PSD/Açores na câmara de Vila Franca do Campo alertaram ontem para o "aumento brutal" da despesa corrente que resulta da designação pela maioria socialista de três vereadores a tempo inteiro e um chefe de gabinete.

"A câmara municipal de Vila Franca do Campo passa a ter o seu presidente mais três vereadores a tempo inteiro e um chefe de gabinete, o que constitui um aumento brutal da despesa corrente. Os vereadores do PSD/Açores votaram contra", afirmou o vereador Rui Melo.

Rui Melo salientou que Vila Franca do Campo "passa a ter o mesmo número de vereadores a tempo inteiro que tem a câmara de Ponta Delgada, cujo concelho tem uma população seis vezes superior", e considerou que esta decisão da maioria socialista é um exemplo de "despesismo".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG