Anafre agradece a "200 mil" manifestantes

O presidente da Associação Nacional de Freguesias (Anafre) Armando Vieira esteve no Rossio, em Lisboa, a agradecer ao "mais de 200 mil portugueses" que se manifestaram hoje em defesa das freguesias.

No seu discurso, proferido enquanto ainda estavam manifestantes a descerem a avenida da Liberdade, o dirigente afirmou que "a causa primeira é a da gente com rosto".

"São os que nos estendem a mão que apertamos, os que nos contam os seus problemas, que partilhamos e gente anónima para outros, mas a quem chamamos pelos nomes", disse.

Armando Vieira garantiu que o caminho a seguir "não é por ali" numa alusão à reforma que o Governo quer seguir, que passa por reduzir o número de freguesias existentes.

A Anafre garante ter consciência que já levou a sua mensagem a todos os responsáveis e decisores do país e que esta reforma deve ser promovida com as freguesias.

Sobre a manifestação de hoje, que segundo a organização juntou na capital cerca de 200 mil pessoas, caracterizou-a como "grande afirmação" cultural, etnográfica, demonstrativas das raízes, da riqueza e da representatividade das freguesias".

Entre gritos "Portugal, Portugal", Armando vieira concluiu que a manifestação foi, acima de tudo, "uma grande lição de força e humildade".

Exclusivos