Após chumbo do Orçamento, Marcelo saiu de Belém para ir... ao multibanco

Presidente da República protagonizou momento inesperado

DN

Pouco depois do chumbo do Orçamento do Estado na Assembleia da República, com o país a aguardar agora a decisão de Marcelo Rebelo de Sousa sobre se dissolve ou não o Parlamento e convoca eleições antecipadas, uma saída inesperada do Presidente da República, a pé, pela porta lateral do palácio de Belém, suscitou enorme curiosidade e azáfama entre os jornalistas presentes junto à residência oficial do chefe de Estado.

Marcelo Rebelo de Sousa, que esta noite recebe em Belém o primeiro-ministro António Costa e o presidente da Assembleia da República, Ferro Rodrigues, fez saber que não iria prestar declarações, mas o passeio inesperado do PR, que seguiu a pé durante umas dezenas de metros, foi seguido pelos diretos televisivos, com Marcelo a parar no... Multibanco mais próximo, onde ficou aparentemente a pagar contas.

Mesmo sem Orçamento do Estado e com uma crise política em cena, a vida segue normalmente. E até o Presidente tem contas para pagar.