Advogado de Sócrates critica juiz por manter processo em segredo e prepara nova ação

Defesa do antigo primeiro-ministro prepara mais iniciativas para esta semana no âmbito da Operação Marquês.

O advogado de José Sócrates avisa que não vai cruzar os braços perante um despacho emitido esta semana pelo juiz Carlos Alexandre a vedar o acesso da defesa a todos os documentos e dados que constam do processo por fraude fiscal, corrupção e branqueamento de capitais contra o ex-primeiro-ministro. Questionado sobre que iniciativa vai tomar a seguir, João Araújo respondeu com ironia: "Eu tomo uma iniciativa por semana. Já reparou nisso?" Será de esperar então um contra-ataque da defesa de José Sócrates, que continua preso em Évora, ao indeferimento do juiz do Tribunal Central de Instrução Criminal de Lisboa (TCIC) .

Em declarações ao DN, João Araújo reagiu com indignação em relação à última decisão do super- juiz. "É um escândalo que um juiz que devia ser o juiz das liberdades entenda como aceitável que a par do acesso irrestrito dos pasquins à investigação a defesa não possa decentemente opor-se e contraditar porque não lhe é permitido aceder a todos os documentos e dados do processo." Sempre numa linha crítica, o advogado de Sócrates atirou mais uma farpa: "Gostaria muito de ter metade da facilidade do jornal Correio da Manhã para conhecer o processo."

Leia mais na edição impressa ou no e-paper do DN

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG