Gomes Cravinho: progressão de carreiras nas Forças Armadas descongelada "ainda este ano"

"A progressão das carreiras faz parte da funcionalidade do Exército e das Forças Armadas", disse o ministro da Defesa, à margem da cerimónia que a celebração do Dia do Exército.

O ministro da Defesa garantiu hoje, em Guimarães, que a progressão das carreiras nas Forças Armadas será descongelada "ainda este ano" e que seguirá "um processo natural".

À margem da cerimónia militar que encerrou a semana de celebração do Dia do Exército, no Campo de S. Mamede, João Gomes Cravinho, garantiu ainda que as Forças Armadas estarão em situação de poder "cumprir todas as tarefas" que lhe estão confiadas.

"Naturalmente que é uma garantia [o descongelamento das carreiras]. A progressão das carreiras faz parte da funcionalidade do Exército e das Forças Armadas e, portanto, é um processo natural", disse o governante naquele que foi o primeiro contacto com os jornalistas desde que assumiu o cargo, substituindo Azeredo Lopes.

Questionado sobre quando serão descongeladas as carreiras, o ministro teve resposta rápida: "Ainda este ano", disse.

"Temos um processo natural das Forças Aramadas que vai ter continuidade natural e que vai permitir às Forças Armadas ter os efetivos nas diferentes posições que precisa para cumprir todas as suas tarefas", assegurou.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG