PAN vai integrar o grupo dos Verdes no Parlamento Europeu

Na legislatura 2014-2019, este grupo político dos Verdes não contou com nenhum dos 21 eurodeputados portugueses. Francisco Guerreiro viu confirmada a sua eleição já depois da meia-noite.

O eurodeputado eleito pelo partido Pessoas-Animais-Natureza (PAN) nas eleições europeias deste domingo será integrado no grupo Verdes/Aliança Livre Europeia, anunciou o Parlamento Europeu.

Numa sessão de esclarecimento prévia à noite eleitoral, o serviço de comunicação da assembleia europeia anunciou que o grupo Verdes/Aliança Livre Europeia requereu formalmente que o representante do PAN seja integrado naquela família política.

Francisco Guerreiro, que era o cabeça-de-lista do partido às eleições europeias, viu confirmada a sua eleição já depois da meia-noite.

Em reação, o líder do Partido Animais Natureza, André Silva, prometeu lutar pelo ambiente. "É a confirmação de um percurso que o partido tem feito desde 2011 e representa uma mudança na forma como nos relacionamos com o outro e os ecossistemas". "O PAN não é uma moda", afirmou André Silva.

Na legislatura 2014-2019, o grupo dos Verdes não contou com nenhum dos 21 eurodeputados portugueses.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG