Líder do PDR é contra a festa do Avante! mas marcará presença

Bruno Fialho fala, num comunicado, de uma "campanha suja" contra o PCP.

O líder do Partido Democrático Republicano (PDR), Bruno Fialho, anunciou que apesar de ser contra a realização da festa do Avante! este ano, estará presente no fim de semana no recinto na Quinta da Atalaia, na Amora (Seixal).

O candidato às presidenciais justifica a sua decisão pelo que diz ser "uma campanha suja" orquestrada contra o PCP, considerando que "nunca foi a saúde pública que esteve ou estará em perigo".

"Como já disse várias vezes, sou contra a Festa do Avante (este ano) ou qualquer evento organizado por outro qualquer partido político enquanto todos os portugueses estejam impedidos de fazer o mesmo ou, pior, de desenvolverem as suas normais atividades profissionais", diz, citado num comunicado.

"Todavia, não posso aceitar que continue a existir uma campanha de ódio contra um partido português, sem qualquer justificação plausível, quer seja o PCP ou o Chega que, por sinal, até tem realizado dezenas de jantares-comício pelo país sem, no entanto, serem alvo de crítica generalizada", acrescenta Bruno Fialho, que lembra também a ida do presidente Marcelo Rebelo de Sousa à inauguração da Feira do Livro do Porto.

O líder do P

DR, que sucedeu a António Marinho e Pinho no cargo em janeiro deste ano, lembra que "não vale tudo na política" e diz não se rever "na opinião da maioria dos políticos/comentadores que têm destilado ódio visceral por este acontecimento". Pelo que irá à festa "em solidariedade com os militantes" do PCP.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG