Joe Berardo. Rio também quer que seja retirada condecoração

O presidente do PSD comentou a polémica do dia durante uma ação de campanha do partido no rio Tejo, em Lisboa. Para Rio até se ia mais longe a retirar condecorações

"Acho muito bem". Foi assim que esta tarde Rui Rio respondeu quando lhe perguntaram se concordaria que fossem retiradas as condecorações presidenciais a Joe Berardo (uma concedida em 1985 pelo Presidente Ramalho Eanes e outra em 2004 por Jorge Sampaio).

Segundo o líder social-democrata, que falava aos jornalistas durante um passeio no Tejo em Lisboa organizado pelas Mulheres Sociais-Democratas no âmbito da campanha europeia do PSD, a lista das personalidades a quem deveriam ser retiradas as condecorações até deveria ser "alargada". "Vêm-me alguns nomes à cabeça", disse - sem no entanto os nomear.

Para Rui Rio, quem recebe uma condecoração presidencial fica "obrigado a um comportamento ético" que, se não for cumprido, deve levar a que a condecoração seja retirada.

O coro dos que defendem que Berardo deve ser irradiado do Conselho das Ordens Honoríficas tem vindo a aumentar. Antes do PSD, já o CDS tinha feito o mesmo apelo.

A situação de Joe Berardo será analisada sexta-feira numa reunião em Belém do Conselho das Ordens Honoríficas.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Ricardo Paes Mamede

Benefícios fiscais para quê e para quem

São mais de 500 os benefícios fiscais existentes em Portugal. Esta é uma das conclusões do relatório do Grupo de Trabalho para o Estudo dos Benefícios Fiscais (GTEBF), tornado público na semana passada. O número impressiona por uma razão óbvia: um benefício fiscal é uma excepção às regras gerais sobre o pagamento de impostos. Meio milhar de casos soa mais a regra do que a excepção. Mas este é apenas um dos alertas que emergem do documento.

Premium

educação

O que há de fascinante na Matemática que os fez segui-la no ensino superior

Para Henrique e Rafael, os números chegaram antes das letras e, por isso, decidiram que era Matemática que seguiriam na universidade, como alunos do Instituto Superior Técnico de Lisboa. No dia em que milhares de alunos realizam o exame de Matemática A, estes jovens mostram como uma área com tão fracos resultados escolares pode, afinal, ser entusiasmante.