Marcelo é convidado no arranque da Circulatura do Quadrado

O programa que passou da SIC para a TVI24 tem estreia marcada para 7 de fevereiro e tem como convidado o Presidente da República.

O Presidente da República Marcelo Rebelo de Sousa é convidado especial no arranque da Circulatura do Quadrado, programa da TVI24, no próximo dia 7 de fevereiro, que será gravado no Palácio de Belém, disse esta segunda-feira à Lusa o diretor de informação da TVI.

O programa "é emitido às 23.00 horas de quinta-feira", afirmou Sérgio Figueiredo, adiantando que tem como convidado especial, na sua primeira emissão, Marcelo Rebelo de Sousa.

Anteriormente designado de Quadratura do Círculo, na SIC, o programa, que integra o jornalista Carlos Andrade, os antigos dirigentes do PSD José Pacheco Pereira e do CDS António Lobo Xavier e o antigo ministro socialista Jorge Coelho, troca de canal e passa agora a denominar-se de Circulatura do Quadrado.

Questionado sobre as suas expectativas, o diretor de informação da TVI referiu que são "muito boas". "As minhas expectativas são fundadas num histórico", salientou Sérgio Figueiredo.

A SIC Notícias decidiu acabar com o programa Quadratura do Círculo, cuja última edição foi para o ar no dia 24 de janeiro. A decisão, que foi noticiada pelo DN, justifica-se pelo facto de "a SIC Notícias estar a fazer uma reestruturação da sua grelha", adiantou fonte da Impresa à Lusa no dia 15 de janeiro.

O programa era exibido pelo canal desde 2004, moderado por Carlos Andrade, tendo como comentadores José Pacheco Pereira, Lobo Xavier e Jorge Coelho.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Saúde

Empresa de anestesista recebeu meio milhão de euros num ano

Há empresas (muitas vezes unipessoais) onde os anestesistas recebem o dobro do oferecido no Serviço Nacional de Saúde para prestarem serviços em hospitais públicos carenciados. Aquilo que a lei prevê como exceção funciona como regra em muitas unidades hospitalares. Ministério diz que médicos tarefeiros são recursos de "última instância" para "garantir a prestação de cuidados de saúde com qualidade a todos os portugueses".