Rangel critica Costa. "A mim ninguém viu a cozinhar cataplana num programa de televisão"

O candidato às europeias do PSD alega a falta de moral do primeiro-ministro para falar de "política-espetáculo".

O cabeça de lista do PSD, Paulo Rangel, respondeu esta sábado às críticas de António Costa à política-espetáculo lembrando a participação do primeiro-ministro num programa televisivo com a família, no qual cozinhou cataplana.

"Tem dito que é contra a política-espetáculo, contra a política feita para as televisões, contra a política de encenação. Há uma coisa que ele a mim não pode dizer, já que está a falar de Paulo Rangel e quer personalizar as coisas: a mim ninguém me viu com a minha família a cozinhar cataplana num programa de televisão", afirmou o eurodeputado, num encontro com jovens em Vila Nova de Famalicão.

Rangel referia-se à participação do primeiro-ministro no programa matinal da SIC da apresentadora Cristina Ferreira e respondia, em concreto, às críticas que António Costa fez durante a campanha para as europeias à sua viagem de helicóptero sobre as zonas afetadas pelos incêndios de 2017.

"Não estou a criticar ninguém por o fazer, mas não venha dar lições de política-espetáculo quem anda em programas da manhã a cozinhar cataplana e ainda leva a família, não vai sozinho. A mim ninguém me viu a fazer isso. Nem viu, nem vai ver", assegurou.

Ler mais

Exclusivos

Premium

adoção

Técnicos e juízes receiam ataques pelas suas decisões

É procurador no Tribunal de Cascais há 25 anos. Escolheu sempre a área de família e menores. Hoje ainda se choca com o facto de ser uma das áreas da sociedade em que não se investe muito, quer em meios quer em estratégia. Por isso, defende que ainda há situações em que o Estado deveria intervir, outras que deveriam mudar. Tudo pelo superior interesse da criança.