Europeias: Costa ataca PSD e diz que política não se faz de helicóptero ou a criar perfis falsos

O secretário-geral do PS insurgiu-se esta noite contra quem faz política de helicóptero para as televisões e não com os pés no chão, e contra a "sujeira" da criação de perfis falsos na internet para denegrir adversários.

António Costa criticou esta noite o cabeça de lista do PSD, Paulo Rangel, por ter sobrevoado de helicóptero parte das zonas de pinhal de Coimbra e de Leiria.

O secretário-geral do PS, que falava no encerramento de um comício em Faro, após o discurso de Pedro Marques, cabeça de lista do PS, disse mesmo que "Pedro Marques sabe que a vida política não se faz a andar de helicóptero, mas com os pés no chão, cara a cara com as pessoas. A vida política não é um espetáculo para as televisões, não são frases engraçadinhas."

António Costa também se pronunciou sobre a situação de um responsável social-democrata de Lisboa, Rodrigo Gonçalves, que se demitiu no domingo, por aparecer como tendo estado eventualmente envolvido num caso de criação de perfis falsos na internet para ataque a adversários socialistas.

"Não são campanhas sujas e negras que se vão construindo nas redes sociais, alimentando perfis falsos para atacar e denegrir os adversários. Isso não é política, isso é sujeira, isso não é digno da democracia", afirmou.

Ler mais

Exclusivos