Crise dos professores. Já terminou reunião do núcleo duro do Governo

A reunião foi convocada ontem de emergência, depois de, na comissão de Educação, ter sido aprovado um decreto sobre a contagem do tempo dos professores

A reunião do núcleo de coordenação política do Governo - um órgão informal - iniciou-se pelas 9h00 da manhã, na residência oficial do primeiro-ministro, e terminou há minutos.

Não haverá nenhuma declaração - exceto a que António Costa se prepara para fazer ao final da tarde, depois de reunir com o Presidente da República.

Na reunião participou, a título excecional, o ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues. Envolveu a ministra da Presidência, Mariana Vieira da Silva, o ministro das Finanças, Mário Centeno, o ministro da Economia, Pedro Siza Vieira, o ministro das Infraestruturas, Pedro Nuno Santos, o ministro do Trabalho, José António Vieira da Silva, bem como o secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares, Duarte Cordeiro, e a secretária-geral adjunta do PS, Ana Catarina Mendes.

Hoje à tarde, pelas 15.00, o primeiro-ministro reunirá em Belém com o Presidente da República, após o que regressará ao seu gabinete, de onde fará uma declaração ao país

Ler mais

Exclusivos

Premium

adoção

Técnicos e juízes receiam ataques pelas suas decisões

É procurador no Tribunal de Cascais há 25 anos. Escolheu sempre a área de família e menores. Hoje ainda se choca com o facto de ser uma das áreas da sociedade em que não se investe muito, quer em meios quer em estratégia. Por isso, defende que ainda há situações em que o Estado deveria intervir, outras que deveriam mudar. Tudo pelo superior interesse da criança.