Premium Basta prevê mais investimento na campanha do que o CDS

A coligação liderada por André Ventura aparece com uma previsão de angariação para as eleições europeias de maio que supera a soma dos valores angariados por todos os outros partidos, totalizando 400 mil euros.

Apesar de, nas últimas semanas, vários líderes partidários terem desvalorizado a importância destas eleições europeias, o valor total de receitas orçamentado pelos partidos para campanha totaliza 4,9 milhões de euros. Os orçamentos de cada campanha são públicos e estão disponibilizados na página da Entidade das Contas e Financiamentos Políticos.

Sem surpresas, os quatro maiores orçamentos pertencem, respetivamente, a PS, CDU, PSD e BE. Dentro destes quatro partidos, as subvenções públicas atribuídas constituem a maior parcela do orçamento. Em quinto e sexto lugar, porém, dois "recém-chegados": a coligação Basta, liderada por André Ventura, tem meio milhão de euros orçamentados e o Aliança 350 mil euros previstos (provenientes de uma subvenção pública que só virá a ser atribuída se conseguir eleger, pelo menos, um eurodeputado). O CDS-PP, que tem representação no Parlamento Europeu e ao qual as sondagens atribuem entre um e dois eurodeputados, surge em sétimo com um orçamento de 315 mil euros.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Betinho

"NBA? Havia campos que tinham baldes para os jogadores vomitarem"

Nasceu em Cabo Verde (a 2 de maio de 1985), país que deixou aos 16 anos para jogar basquetebol no Barreirense. O talento levou-o até bem perto da NBA, mas foi em Espanha, Andorra e Itália que fez carreira antes de regressar ao Benfica para "festejar no fim". Internacional português desde os Sub-20, disse adeus há seleção há apenas uns meses, para se concentrar na carreira. Tem 34 anos e quer jogar mais três ou quatro ao mais alto nível.