25 Abril. Costa identifica "extraordinária coincidência" entre Governo e temas de Marcelo

Primeiro-ministro diz que as preocupações apontadas pelo Presidente da República são prioritárias para o Executivo

António Costa afirmou esta quinta-feira que o discurso do 25 de Abril proferido pelo Presidente da República no Parlamento foi caracterizado por "uma extraordinária coincidência" sobre temáticas que o Governo também definiu como prioritárias. Costa falava aos jornalistas na residência oficial do primeiro-ministro, nos jardins de São Bento, em Lisboa, durante a festa comemorativa do 45.º aniversário do 25 de Abril de 1974.

Questionado sobre como recebeu o discurso feito no Parlamento por Marcelo Rebelo de Sousa, António Costa referiu que, "relativamente às temáticas, houve uma extraordinária coincidência sobre quatro áreas que o Governo define como prioritárias" - o combate às alterações climáticas, o combate às desigualdades e a necessidade de enfrentar "o desafio da transição para a sociedade digital".

"São temas contemporâneos aos quais temos de concentrar cada vez mais atenções", referiu o líder do Executivo.

Marcelo Rebelo de Sousa centrou hoje o seu discurso nos jovens. Falando na sessão solene comemorativa do 25 de abril, o chefe de Estado apontou grandes temas a que a política tem que dar resposta: o envelhecimento demográfico; a persistência das desigualdades entre "pessoas, grupos e territórios"; as consequências da revolução digital no emprego e no trabalho; e as alterações climáticas.

Ler mais

Exclusivos

Premium

adoção

Técnicos e juízes receiam ataques pelas suas decisões

É procurador no Tribunal de Cascais há 25 anos. Escolheu sempre a área de família e menores. Hoje ainda se choca com o facto de ser uma das áreas da sociedade em que não se investe muito, quer em meios quer em estratégia. Por isso, defende que ainda há situações em que o Estado deveria intervir, outras que deveriam mudar. Tudo pelo superior interesse da criança.