Paula Amorim, Leonor Beleza, Carlos Carreiras no Bilderberg à portuguesa de Balsemão

O evento deste novo clube vai acontecer uma vez por ano à porta fechada

Francisco Pinto Balsemão vai criar um grupo restrito que colocará personalidades da sociedade civil a refletir sobre problemas nacionais e europeus, em Cascais, método semelhante ao do clube internacional Bilderberg, avança o jornal Público, esta sexta-feira. A primeira reunião, que deverá acontecer ainda este mês, contará com cerca de cinquenta participantes. Entre eles estarão os membros escolhidos como fundadores Paula Amorim, Leonor Beleza, Carlos Carreiras e António Ramalho.

O grupo com o nome "Encontros de Cascais" tem como objetivo colocar algumas das figuras mais proeminentes ligadas à economia, à educação ou às finanças a traçarem estratégias para o desenvolvimento destas áreas no país e na Europa. Estão ainda planeadas reflexões sobre democracia, liberdade, igualdade e solidariedade.

Funcionará à imagem do grupo mundial Bilderberg, criado em 1954, no qual o antigo primeiro-ministro e fundador do grupo Impresa participou durante 32 anos. Francisco Pinto Balsemão chegou mesmo a integrar o conselho de direção deste clube até 2015, altura em que deixou o cargo a Durão Barroso. Os "Encontros de Cascais" vão acontecer uma vez por ano à porta fechada e os resultados das conferências só poderão ser referidos no exterior sem atribuir as conclusões a quem as apresentou. Na direção estarão 11 membros fundadores; cada um convidará quatro personalidades nacionais ou estrangeiras para participarem no evento.

Quem são os 11 fundadores do grupo

As funções destes membros são aprovar temas, convidados e oradores para as quatro sessões plenárias que constituem o evento anual. Cada fundador cumprirá um mandado de três anos, que só pode ser renovado uma vez. A Francisco Pinto Balsemão juntam-se os seguintes nomes, segundo o jornal Público:

Francisco Pedro, filho de Francisco Pinto Balsemão e atual presidente do grupo Impressa

Isabel Mota, presidente da Fundação Gulbenkian

Paula Amorim, presidente do grupo Amorim

Leonor Beleza, presidente da Fundação Champalimaud

Carlos Carreiras, presidente da câmara de Cascais

António Lagartixo, partner na Deloitte Portugal & Angola

Vasco de Mello, presidente do grupo José de Mello

Pedro Penalva, presidente do grupo de serviços de gestão de riscos, corretagem e seguros AON

António Ramalho, presidente do Novo Banco

Carlos Gomes da Silva, presidente da comissão executiva da Galp Energia

Ler mais

Exclusivos