Governo toma posse sábado de manhã na Ajuda

A decisão do Tribunal Constitucional de não reconhecer queixa do PSD pôs outra vez em andamento o processo de início da próxima legislatura

Vinte dias depois das eleições legislativas de 6 de outubro toma posse o XXII Governo Constitucional, presidido pelo secretário-geral do PS, António Costa.

A cerimónia decorrerá no sábado de manhã, dia 26, no Palácio da Ajuda. Tomarão posse 70 pessoas: 1 primeiro-ministro + 19 ministros + 50 secretários de Estado. António Costa discursará.

O novo Governo tomará posse perante o Presidente da República e esta será para Marcelo Rebelo Sousa a primeira vez que empossará um primeiro-ministro. Quando Costa foi empossado no XXI Governo, no final de 2015, o Presidente ainda era Cavaco Silva.

"Reservei a manhã de sábado para dar posse ao Governo", disse Marcelo Rebelo de Sousa esta terça-feira à tarde, à margem de um congresso da Confederação Empresarial de Portugal, no Estoril.

Na sexta-feira, o Parlamento abrirá portas para os trabalhos inaugurais da XIV legislatura, iniciando funções os deputados eleitos em 6 de outubro. Muitos deles - todos do PS - suspenderão imediatamente o mandato para assumirem no dia seguinte funções governativas.

O Parlamento será constituído por 108 deputados do PS, 79 do PSD, 19 do BE, 10 do PCP, 4 do PAN e dois do PEV. Chega, Iniciativa Liberal e Livre elegeram um deputado cada.

Exclusivos