Velório de Nicolau Breyner a partir das 19.00 na Basílica da Estrela

Corpo do ator chega às 19.00 desta terça-feira à Basílica da Estrela, em Lisboa

As exéquias do ator Nicolau Breyner realizam-se esta terça-feira na Basílica da Estrela, em Lisboa, a partir da 19:00, sendo rezada uma missa às 20:00, disse à Lusa a assessoria do ator.

O funeral realiza-se na quarta-feira, a partir das 15:00, com uma missa de corpo presente na Basílica, seguindo depois para o cemitério do Alto de São João, onde o corpo será cremado.

O ator e realizador Nicolau Breyner, 75 anos, morreu na segunda-feira, em casa, em Lisboa.

Nascido em Serpa, no distrito de Beja, a 30 de julho de 1940, com uma carreira de mais de 60 anos, o ator deixou uma marca nos palcos e na televisão portuguesa, sobretudo através de comédias e de telenovelas como "Vila Faia" e "Cinzas", entre outras.

Ficou também conhecido do grande público em programas de televisão como "Eu Show Nico" e "Nicolau no país das maravilhas", no qual criou o 'sketch' "Senhor feliz e senhor contente", com Herman José.

Anteriormente, Nicolau Breyner tinha trabalhado no teatro de revista e em comédia.

Nicolau Breyner terminou o curso do Conservatório em 1960, ano em que se estreou na peça "Leonor Telles", de Marcelino Mesquita, sob a direção de Francisco Ribeiro, levado à cena pela companhia Teatro Nacional Popular, no Teatro da Trindade, em Lisboa.

Trabalhou igualmente no cinema, como ator e realizador, tendo colaborado com António-Pedro Vasconcelos ("A Bela e o Paparazzo", "Os Imortais", "Os gatos não têm vertigens"), João Botelho ("Corrupção") e Leonel Vieira ("A arte de Roubar"), entre outros.

Nicolau Breyner estava atualmente a participar nas gravações da telenovela da TVI "A Impostora".

Com Lusa

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG