Schwarzenegger, Gervais e Kimmel têm uma mensagem para o caçador que matou Cecil

Críticas a Walter Palmer vêm de anónimos e famosos. Veja mensagem de Schwarzenegger e programa de Kimmel.

O dentista norte-americano que matou o leão Cecil tem sido alvo da fúria de milhares de pessoas anónimas na internet, nos últimos dias, desde que foi identificado, mas também de alguns famosos. Arnold Schwarzenegger, Ricky Gervais e Jimmy Kimmel foram alguns dos que se manifestaram publicamente contra a caça e criticaram Walter Palmer.

O antigo governador da Califórnia Arnold Schwarzenegger criticou a falta de coragem dos que matam os felinos. Numa mensagem publicada no Instagram, a estrela de Hollywood pediu a todos para pararem de matar os grandes felinos. "Matar um leão não requer coragem. Entrar no Octagon [um evento num campeonato de luta e artes marciais] ou ir para o exército - isso requer coragem. Experimentem isso antes de matar um leão. Proteger os grandes felinos = coragem."

Schwarzenegger encorajou ainda todos a doar cinco dólares para salvar os leões, partilhando uma ligação para o programa de conservação da National Geographic.

O comediante Ricky Gervais, conhecido defensor dos direitos dos animais, também tem acompanhado o caso publicamente, através da sua página de Facebook. "Temos de fazer as pessoas perceber que matar por diversão não é motivo de orgulho. Não é caçar. caçar é para ter comida. Não é para testar habilidades. É possível fazer isso com latas. E não é legítima defesa. É simplesmente a emoção prevertida de tiarar a vida de outra criatura. É errado"

O apresentador Jimmy Kimmel, por seu lado, também usou o seu programa para pedir a todos para contribuirem para os programas de conservação de leões, referindo especificamente a unidade de investigação em conservação de Oxford que monitorizava Cecil.

Exclusivos