Reis Felipe VI e Letizia recebidos por multidão de portuenses

Os reis de Espanha já estão em Portugal. Letizia e Felipe foram ovacionados por centenas de portuenses na Praça da Liberdade. Presidente da República e Rui Moreira, edil portuense, receberam reis do país vizinho

Pouco depois das onze da manhã, os reis de Espanha chegavam ao centro nevrálgico do Porto onde, antes de cumprirem o primeiro compromisso de uma visita de três dias ao nosso país, foram recebidos por centenas de portuenses, ansiosos por ver de perto Felipe VI e Letizia e, claro, de captar algumas imagens com os seus smartphones.

Sem as filhas, Leonor, de 11 anos e Sofia, de nove, que frequentam o ensino básico, os reis do país vizinho iniciaram este périplo por Portugal a norte do país. Depois de serem recebidos pelo presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, estiveram presentes numa sessão solene de boas vindas na Câmara Municipal do Porto, com o edil Rui Moreira como anfitrião.

Como já vem sendo hábito, a rainha de Espanha escolheu para as primeiras horas desta visita uma indumentária que já usou no passado: um casaco rosa com flores bordadas, do seu estilista predileto, Felipe Varela, e um vestido liso, em tons de roxo, a mesma roupa eleita para o casamento de Guilherme, grão-duque do Luxemburgo, com Stéphanie de Lannoy, em outubro de 2012.

Esta tarde, os reis visitam a exposição dos quadros de Juan Miró, na Fundação Serralves. À noite, deslocam-se até Guimarães onde será oferecido por Marcelo Rebelo de Sousa, no Paço dos Duques de Bragança, um jantar em honra de Felipe e Letizia. Amanhã, estarão durante a amanhã no Porto e, à tarde, viajam até Lisboa. O último dia será passado na capital e terminará com uma visita à Fundação Champalimaud.

Exclusivos

Premium

Livro

Antes delas... ninguém: mulheres que desafiaram o domínio masculino

As Primeiras - Pioneiras Portuguesas num Mundo de Homens é o livro com as biografias de 59 mulheres que se atreveram a entrar nas profissões só de homens. O DN desvenda-lhe aqui oito dessas histórias, da barrista Rosa Ramalho à calceteira Lurdes Baptista ou às 'Seis Marias' enfermeiras-paraqueditas, entre outras