"Quero ter um anfíbio para à beira-mar plantar"

Nasceu a 31 de outubro de 1972. Licenciou-se em Direito, em 1995, na Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa. Entre 1991 e 1996, foi apresentadora da RTP, tendo começado em programas como Grande Área, com Mário Zambujal, e Você Decide. Atualmente está na área da informação na RTP. Tem-se destacado como pivô. Aos 41 anos, diz que não está habituada a facilidades. Tem três filhos.

O que é que te irrita nos inquéritos de verão e saltamos já essa parte?

O inquiridor.

O que é que nunca te perguntaram num inquérito de verão e começamos por aí?

Como é que avalias o inquiridor?

No livro de Italo Calvino, o Sr. Palomar olhava um seio nu na praia com imparcial objetividade. E tu, de zero a dez, qual é o teu descaramento?

Dez de pudor, zero de corte e costura. Média: sete.

Passa gente bonita na praia, olhas descaradamente ou vais buscar os óculos de sol para poder ver sem virar o pescoço?

Vejo tudo e não tiro os óculos.

Toda a gente pergunta que livro levarias para as férias, eu pergunto que livro escreverias nas férias?

Então mas são férias ou não? Se são férias não se escreve livros.

Com tantas más notícias sobre aviões quero saber: ficas cá ou és corajosa?

Tenho ataques de ansiedade. Neste verão fico cá, mas viajava na mesma. Sempre corajosa.

Um paparazzo fotografa-te nua numa praia, preferes aparecer na capa de frente ou de costas?

É indiferente. Não haveria foto nenhuma. Era fotomontagem, punida por lei.

Mário Henrique Leiria escreveu: "Uma nêspera estava sentada na cama, deitada. Muito calada a ver o que acontecia. Chegou a Velha e disse: olha uma nêspera! E zás, comeu-a." A nêspera teve o que merecia?

Não, como não gosto muito de nêsperas, a Velha é que teve o que merecia.

Vais a uma praia mas está cheia de concorrentes da Casa dos Segredos, mudas de praia ou ficas para ver se estão domesticados?

Quem está mal muda-se, mas estou convencida de que não reconhecia nenhum. Zero.

De zero a dez quanto é que encolhes a barriga na praia?

Tenho três filhos, portanto dá-me direito a meio ponto por cabeça.

Bola-de-berlim, com creme e que se lixe a ASAE ou com creme e que se lixe a linha?

Antes um belo de um gelado! Não quero ficar a lamber o creme das mãos.

A família do chapéu ao lado do teu não se cala com as histórias da novela da noite. Ficas a ouvir ou mudas de país?

Não vejo novelas, é-me indiferente.

Atendes o telefone na praia e toda a gente fica a saber da tua vida ou consegues falar num tom normal?

Consigo comunicar com tom normal. Posso é abstrair-me dependendo de quem está do outro lado da linha...(eu falo um bocadinho alto ao telefone).

Costumas levar revistas cor-de-rosa para a praia ou escolhes outra cor?

Levo mas a maioria reluz de outras cores. Levo o DN depois.

Vamos a contas, de zero a BES, quanto costumas exagerar nos gastos das férias?

BES de besta ou de bestial? Já que não posso viver acima das minhas possibilidades será um mero pontinho acima de um mês normal. Mas eu aguento... aguento.

Nas férias preferias confiar as tuas poupanças a um bancário ou a um banqueiro?

Não tenho o suficiente para confiar a um banqueiro. Tem de ser por interposta pessoa, portanto a um bancário.

O teu dinheiro está melhor off-shore ou on-shore?

Nem tudo o que dá à costa acaba em porto seguro. O meu dinheiro está melhor: on land, under the mattress, inside pocket.

És barrada à porta da discoteca. Chamas o gerente ou soltas o clássico: você sabe quem eu sou?

Não costumo ir a discotecas.

És das que querem estacionar o carro dentro da praia ou aceitas bem o facto de teres chegado tarde e teres de estacionar lá atrás como os outros.

Quero ter um anfíbio para à beira-mar plantar.

Para quando os jornalistas serem proibidos de usar a expressão teatro de operações em reportagens de fogos?

Não pode haver proibições.

Na série Seinfeld, o Newman dizia: "Quem controla o correio controla a informação." E na RTP, quem é que controla o correio?

Não sei, é-me entregue em mão. Não denuncio ninguém!

Pior sítio para férias onde já estiveste e queiras revelar para não haver mais gente a ser enganada como tu?

Num sítio onde não haja muitos mosquitos e melgas. Mas não são só essas melgas irracionais... há outras que nos tiram fotografias...

E o melhor para a malta ir também?

Adoro a Grécia.

Qual o teu guilty pleasure em férias. Responde algo que não te traga problemas, não quero essa responsabilidade para mim.

Chocolate e gelados, mas é todo o ano... e hambúrgueres.

William Randolph Hearst dizia aos seus jornalistas: "Nunca deixem que a verdade vos prive de uma boa história." Nos dias de hoje a verdade consegue sempre ser a melhor história ou só quando falamos de bancos?

A verdade tem de estar presente em qualquer história, senão é uma fábula e de fábulas estamos nós fartos.

A silly season justifica todas as notícias ou só justifica humoristas a fazer inquéritos de verão?

O que é certo é que há espaço para tudo. No ano passado tivemos um verão "irrevogável" e neste ano temos um verão que é quente, não de temperatura, mas de temperatura climática. A silly season já não é o que era.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG