Príncipe confessa a "enorme vontade" de se tornar avô

A alegria esteve espelhada no sorriso do Príncipe Carlos nos últimos meses e confirmou-se nas suas mais recentes declarações. O Príncipe de Gales confessou a "enorme vontade" que tem em tornar-se avô e em conhecer o seu primeiro neto, o tão esperado filho de William e Kate, Duques de Cambridge, que deverá nascer no próximo mês de julho.

Em declarações à emissora britânica Radio Times, o herdeiro do trono britânico mostrou grande entusiasmo com a chegada de um novo membro da família: "É um pensamento fantástico e tenho muita vontade em ter uma relação avô-neto", disse o pai dos príncipes William e Harry, nascidos do seu casamento com a saudosa Diana de Gales.

Noutras declarações, desta feita a um programa da BBC, Carlos de Inglaterra, casado desde 2005 com Camilla Shand, Duquesa da Cornualha, falou novamente sobre a importância do respeito pela natureza e sua da preservação, tendo em conta as gerações futuras. "Temos que pensar no futuro, temos de pensar no mundo que vamos deixar aos nossos descendentes. Se pensamos nestes termos, deveríamos refletir sobre a maneira como fazemos as coisas", defendeu.

Carlos de Gales sublinhou também a importância de trabalhar "em harmonia com a natureza, em vez de pensar em ignorá-la, dominá-la (...) devemos respeitá-la pois é muitíssimo mais poderosa que nós". Para além da natureza, da qual tem sido um ávido defensor, o príncipe resolveu também revelar o seu gosto por passear: "Caminhar é muito importante para mim. Como algumas pessoas precisam de um cigarro, eu preciso de andar", reconheceu o Príncipe Carlos, dizendo que a prática lhe "estimula o pensamento e a reflexão".

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG