Prince terá sofrido overdose dias antes de morrer

O TMZ, o primeiro a anunciar a morte de Prince, revela que o cantor foi hospitalizado por uma overdose, e não uma gripe.

As causas da morte de Prince continuam por apurar, mas o TMZ, o site que anunciou em primeira mão a morte do músico que tinha 57 anos, na sua casa em Minneapolis, avança agora que a voz de Kiss recebeu um tratamento hospitalar por overdose, seis dias antes de morrer.

Ao contrário da versão dada pelos representantes de Prince, que dizia que o artista tinha sido hospitalizado de urgência devido a uma gripe que obrigou a uma aterragem de emergência, várias fontes revelam ao site que o motivo foi uma overdose, e que o músico terá recebido uma injeção de adrenalina para reverter os efeitos dos opiáceos.

O mesmo site norte-americano avança que os médicos do Hospital de Moline, no Estado de Illinois, aconselharam Prince a ficar internado durante 24 horas, mas o artista recusou uma vez que não havia um quarto privado disponível e foi para casa passadas três horas. Fonte hospitalar adiantou também ao TMZ que quando o cantor abandonou o hospital, "não estava muito bem".

Certezas só após a realização da autópsia, agendada para hoje.

Prince morreu ontem, aos 57 anos.

Exclusivos