Prémios da Moda Britânica consagram Kate Moss

A modelo Kate Moss, à beira dos 40 anos, foi distinguida pelos 25 anos da sua carreira durante a 23.ª gala dos Prémios da Moda Britânica, realizada no London Coliseum.

Durante esta cerimónia dos British Fashion Awards foi também premiada a marca londrina Christopher Kane, como criador do ano na moda feminina.

Na sua carreira, Moss foi capa da revista Vogue por 34 vezes. Desde que foi descoberta para a indústria da moda em 1987, por Sarah Doukas, da agência de modelos Storm, que Moss tem sido imagem de marcas como Alexander McQueen, Calvin Klein, Yves Saint Laurent, Christian Dior, Chanel e Louis Vuitton.

Além de Kate Moss, também a jornalista britânica Suzy Menkes recebeu uma distinção especial.

A indústria da moda premiou também os fudnadadores da revista "i-D", Terry e Tricia Jones, pela sua influência e deteção de talentos.

O prémio de criador internacional do ano foi para Miuccia Prada (Prada) e o de criador de moda masculina para Christopher Bailey, da Burberry.

Como modelo do ano foi reconhecida a britânica Edie Campbell, com 23 anos e licenciada em História, que já participou em desfiles de Alexander Wang, Marc Jacobs e Victoria Beckham.

O galardão de estilo britânico foi para um membro do grupo musical juvenil One Direction, Harry.

Na categoria de melhor marca, que pretende reconhecer um criador radicado no Reino Unido com grande repercussão internacional, foi a Burberry a escolhida.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG