Carlos Mendes dedica poema a Salvador Sobral 

Carlos Mendes inspirou-se no comentário polémico de Salvador no concerto solidário "Juntos por Todos" para escrever um poema

Têm sido várias as reações ao comentário de Salvador Sobral durante o concerto solidário Juntos por Todos, na noite de terça-feira, e as palavras do jovem músico até lhe valeram um poema. "Peido sem filtros" é o título do poema escrito pelo músico Carlos Mendes e partilhado no Facebook.

No poema, Carlos Mendes brincou com a frase polémica dita por Salvador Sobral no final do concerto. "Eu sinto que posso fazer qualquer coisa que vocês aplaudem. Vou mandar um peido para ver o que é que acontece", disse o jovem de 27 anos, ao encerrar o concerto.

"O peido do Sobral / foi magistral / Mesmo estando presente / O Sr Presidente / Não evitou / Que toda a gente / Gritasse / "viva o peido do Sobral" / A um peido embora fraco / Mas magistral / Único / Como o Sobral", escreveu o músico, que ganhou por duas vezes o Festival RTP da Canção.

No perfil de Facebook de Carlos Mendes, os utilizadores elogiaram a criatividade do músico, por brincar com a situação, e voltaram a criticar Salvador Sobral.

O comentário de Salvador tem divido opiniões, com vários utilizadores a falarem de uma falta de respeito pelo público e outros a elogiarem a naturalidade do músico.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG