O novo Spock de "Star Trek" assume que é gay

O actor Zachary Quinto, que interpreta o carismático Mr. Spock no novo filme de "Star Trek", assumiu publicamente este fim-de-semana que é gay.

Foi o caso do jovem Jamey Rodemeyer, que se suicidou após anos de bullying por ser homossexual, que levou Quinto a tornar pública a sua orientação sexual.

"Após a morte de Jamey, ficou claro para mim que não é possível ser gay e, sem o assumir, dar uma contribuição importante para o imenso trabalho que ainda falta fazer no caminho para a completa igualdade [de direitos]", escreveu ontem Quinto no seu site oficial.

O texto foi publicado no mesmo dia que o actor revelou em entrevista à revista "New York Magazine" o que sentiu no ano passado, quando participou na peça de teatro "Anjos na América" - que foca o tema da SIDA nos Estados Unidos.

"Como gay que sou, [a peça] fez-me sentir que há ainda muitas coisas que precisam de ser resolvidas", afirmou o actor que ficou também conhecido pelo seu papel do assassino Sylar na série Heroes.

Quinto, 34 anos, está actualmente a promover o seu próximo filme, "Margin Call". Voltará a interpretar o papel de Spock no próximo filme de Star Trek - O Caminho das Estrelas, cuja produção terá início em Janeiro.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG