Tia de Letizia suspeita de ter traído a princesa

Depois de um anónimo ter tentado vender as imagens do primeiro casamento de Letizia Ortiz a uma estação de televisão, uma publicação espanhola vem agora indicar uma tia da princesa como a possível responsável pelo esquema.

Há dez dias, o canal televisivo espanhol Telecinco recebia uma inusitada proposta de negócio. Seiscentos mil euros era a quantia que um anónimo pedia pelas fotografias do primeiro casamento de Letizia, que antes de dar o nó com o príncipe Felipe, em 2004, já fora casada com Alonso Guerrero em 1997. A cadeia televisiva terá recusado pagar o valor pedido pelas imagens, mas tentou recriar as fotografias.

Agora, o site Vanitatis vem adiantar que o anónimo que tentou vender as imagens, não passava de um intermediário nesta história e que a verdadeira responsável pela situação terá sido Henar Ortiz, irmã do pai de Letizia.

Citando fontes, a revista explica que Henar Ortiz terá pedido ao seu amigo José Manuel Saavedra - conhecido como "advogado dos famosos" e apontado como o anónimo que tentou vender as imagens - que trabalhasse como seu intermediário.

Para tentar comprovar a sua teoria, a publicação espanhola mostra no seu site uma imagem captada por uma agência de notícias, durante uma manifestação em Espanha a 12 de maio de ano passado, onde a tia de Letizia aparece acompanhada por Saavedra.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG