Sara Norte: "A droga só traz ruína e destruição"

Quatro dias depois de saído do centro Penitenciário de Botafuego, em Algeciras, Sara Norte abriu o coração a Fátima Campos Ferreira, na RTP1.

Sara Norte falou abertamente dos caminhos que a levaram ao consumo de drogas, nomeadamente cocaína, e como se tornou quase inevitável que se tivesse tornado uma 'mula' [pessoa que transporta a droga para depois ser vendida] dos traficantes de droga.

"Tinha muitas divídas", contou a ex-atriz quando a jornalista lhe perguntou o que a tinha levado a Marrocos buscar droga, confessando que o fez por mais de 30 vezes e que ganhava mil euros por cada viagem.

Emocionada, Sara Norte recordou as últimas palavras que trocou com a mãe, a atriz Carla Lupi, dois dias antes desta morrer vítima de cancro, vincando que "penso muitas vezes na minha mãe e no que ela gostaria que eu fosse".

Para o futuro, a filha do ator Vítor Norte desejou apenas "ter uma vida normal", mostrando-se contudo disposta a remotar a carreira de atriz. "Estou pronta para trabalhar", sustentou.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG