Música de Bieber serve para 'torturar' alunos em escola

Um liceu norte-americano decidiu colocar a música 'Baby' a repetir vezes sem conta até os seus estudantes angariarem dinheiro suficiente para causas solidárias.

Connor Stakelin, o diretor do Tenino High School, no estado de Washington D.C., anunciou na segunda-feira que iria pôr a música Baby, de Justin Bieber, em modo repeat em todos os intervalos das aulas até que os estudantes arrecadassem 500 dólares (cerca de 359 euros) para a caridade.

A 'tortura' parece ter surtido efeito uma vez que, na terça-feira de manhã, os jovens já tinham amealhado 915 dólares (aproximadamente 658 euros). "Para alguns deles é um incentivo a doarem porque já não conseguem ouvir a música", sublinhou Stakelin ao canal King5News.

Mas os alunos também se fizeram ouvir. "Oh meu Deus a minha cabeça está prestes a explodir. Tenho a certeza que já tomei cerca de cinco Ibuprofenos [fármaco para a dor de cabeça]", desabafou Zach Chamberlain ao Daily Mail, enquanto a música tocava. Uma colega sua, Jasmine Moore, expressou igual desespero. "Está a tornar-se muito mau. Só quero ir para casa", atirou.

O dinheiro angariado, segundo o diretor do liceu, vai para a Academia Internacional Crossover, no Gana. "Ajuda crianças que não têm refeições, que não têm uma cama para se deitarem à noite e que não tem mais do que uma folha de papel por dia para usar na escola. Tem tudo a ver com ajudar estudantes de outros países e de outras culturas", explicou Stakelin.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG