Michael Egan denuncia rede de abusos sexuais

Michael Egan, uma semana depois de acusar o realizador Bryan Singer, vem agora juntar o nome de mais três executivos à lista de poderosos em Hollywood que formamuma rede de abusos sexuais.

Michael Egan tem agora 31 anos e decidiu acusar formalmente os homens que terão, alegadamente, abusado dele quando tinha apenas 15 anos e candidato a ator. Segundo conta os abusos terão sido cometidos em festas especialmente organizadas para os altos cargos de Hollywood.

Michael Egan identifica Garth Ancier (responsável pelo lançamento da Fox Television e que foi presidente da BBC nos Estados Unidos), David Neuman (ex presidente da Disney TV e que foi diretor de programação da CNN)e Gary Goddard (produtor na Broadway e criador de atrações do parque da Universal Studios).

O mesmo homem garante que estes três homens, juntamente com Bryan Singer (realizador de X-Men, entre outros filmes de sucesso), fazem parte de uma rede sexual de Hollywood e aponta que foi abusado por todos eles numa mansão em Encino, Califórnia, e no Hawaii.

Exclusivos