Luciana Abreu confirma que vai avançar com o divórcio

A cantora diz que deu uma segunda oportunidade ao casamento mas que decidiu avançar com a separação legal. Luciana Abreu deixa algumas acusações a Yannick Djaló, em quem diz não confiar.

"Na sequência das notícias que a imprensa tem veiculado sobre a minha reconciliação com o meu marido, tenho a informar que de facto aceitei dar uma segunda oportunidade ao nosso casamento, atendendo a que temos duas filhas tão pequeninas", começa por dizer Luciana Abreu no comunicado, acrescentando: "E por esse motivo pus de lado tantas coisas falsas que se disseram sobre mim em todo este processo, nomeadamente sobre um carro que é e sempre foi meu - como aliás o próprio Yannick confirmou em declaração no processo. A realidade fala por si e o facto de o meu marido ter voltado a minha casa demonstra claramente a falta de fundamento de tantas acusações que me fizeram".

Apesar desta segunda oportunidade, a eterna "Floribella" percebeu que não há volta a dar. "No entanto, neste momento já conclui que esse motivo não pode justificar a manutenção de uma relação com alguém em quem não confio e portanto não é mais alvo de amor e que não se tem revelado um pai à altura nem um marido com a seriedade que exijo dos que me rodeiam", admite.

A cantora vai ainda mais longe e deixa algumas acusações ao ainda marido: "Acrescento que não posso continuar com alguém que optou por colocar férias e compras de carros à frente do sustento dos filhos nos últimos três meses. Decidi por isso não desistir da ação de divórcio que iniciei, pelo que a mesma vai continuar a seguir os passos normais. Peço que respeitem a minha privacidade neste momento", finaliza.

De recordar que Luciana Abreu e Yannick Djaló se casaram-se em maio de 2010 e são pais de duas meninas, Lyonce Viiktória, de ano e meio, e Lyanni Viiktórya, de quatro meses.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG