Túmulo de duquesa de Alba é local de peregrinação

Desde sábado que espanhóis e turistas visitam o lugar, onde repousam as cinzas de Cayetana Fitz-James Stuart, para tirar fotografias da placa e das coroas de flores.

O Santuário da Irmandade de los Gitanos tornou-se no novo local de peregrinação em Sevilha, desde que na sexta-feira passada aí foram depositados os restos mortais da duquesa de Alba. A aristocrata com mais título nobiliárquicos do mundo era também uma mulher muito querida dos espanhóis.

Por isso, Sevilha tem concentrado as atenções gerais em Espanha, desde a morte de Caeytana Fitz-James Stuart , na última quarta-feira. Muitos têm sido o que se têm deslocado até ao portão do Palacio de Dueñas, onde a duquesa vivia com o seu terceiro marido, Alfonso Díez, e também à capela do Cristo de los Gitanos.

Ler mais

Exclusivos