Paul McCartney apela a uma dieta sem carne

O eterno Beatle gravou um vídeo em que promove, a cantar, a campanha 'Meat Free Mondays', cujo objetivo é incentivar o público a adotar uma dieta sem carne às segundas-feiras.

"Preciso da sua ajuda. Tudo o que quero é que se inscrevam em pledge.meatfreemondays.com e assinem a petição em apoio à ideia das segundas-feiras sem carne. Por favor, façam isso. Vamos enviar todas estas assinaturas aos políticos para que façam alguma coisa". É desta forma que o músico, de 72 anos, apela à iniciativa um segundas-feiras sem carne.

Nesta campanha surgem várias caras conhecidas, como a atriz Mayim Bialik, de A Teoria do Big Bang, o ator Woody Harrelson, as cantoras Fearne Cotton e Sharleen Spiteri, a modelo Twiggy, ou a estilista Stella McCartney e a apresentadora Fearne Cotton, filhas de Paul, entre muitos outros.

Paul McCartney é vegetariano há vários anos, e quer apoiar assim a luta contra as mudanças climáticas.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Viriato Soromenho Marques

Quem ameaça a União Europeia?

Em 2017, os gastos com a defesa nos países da União Europeia tiveram um aumento superior a 3% relativamente ao ano anterior. Mesmo em 2016, os gastos militares da UE totalizaram 200 mil milhões de euros (1,3% do PIB, ou o dobro do investimento em proteção ambiental). Em termos comparativos, e deixando de lado os EUA - que são de um outro planeta em matéria de defesa (o gasto dos EUA é superior à soma da despesa dos sete países que se lhe seguem) -, a despesa da UE em 2016 foi superior à da China (189 mil milhões de euros) e mais de três vezes a despesa da Rússia (60 mil milhões, valor, aliás, que em 2017 caiu 20%). O que significa então todo este alarido com a necessidade de aumentar o esforço na defesa europeia?