Nigella acusa ex-marido de querer destruir a sua reputação

Chef britânica disse em tribunal que Charles Saatchi a avisou para "limpar o nome dele" durante um verão de "bullying e abusos".

Nigella Lawson acusou o ex-marido, Charles Saatchi, de "querer destruir a sua reputação" com a "falsa acusação" de que a chef de cozinha britânica foi viciada em cocaína e outras drogas durante mais de uma década.

As afirmações foram feitas na manhã desta quarta-feira, em tribunal, em Londres, onde Nigella esteve presente para depôr contra as suas ex-assistentes, as irmãs Francesca e Elisabetta Grillo, acusadas de fraude e de terem gasto 360 mil euros com o cartão de crédito da empresa da estrela de TV.

Nigella frisou ainda que Saatchi a avisou para "limpar o nome dele", durante um verão "de bullying e abusos" desde que os dois se decidiram divorciar, em junho, após a publicação de imagens do empresário a apertar o pesçoço à chef num restaurante londrino. O ex-marido de Nigella, que esteve presente em tribunal na semana passada, disse que estava "de coração partido" desde o divórcio e que ainda "adora" a chef.

Ler mais

Exclusivos

Premium

adoção

Técnicos e juízes receiam ataques pelas suas decisões

É procurador no Tribunal de Cascais há 25 anos. Escolheu sempre a área de família e menores. Hoje ainda se choca com o facto de ser uma das áreas da sociedade em que não se investe muito, quer em meios quer em estratégia. Por isso, defende que ainda há situações em que o Estado deveria intervir, outras que deveriam mudar. Tudo pelo superior interesse da criança.