Luís Borges suspeito de carregar uma bomba em Londres

A caminho do aeroporto de Londres para regressar a Portugal, o manequim português entrou numa loja para fazer algumas compras. Começou assim um dos episódios mais insólitos da vida de Luís, que foi tomado por terrorista.

"Hoje ía sendo levado pela polícia em Londres!", divulgou o modelo na sua página do facebook. Quando entrou no tal estabelecimento, pediu à senhora da loja para deixar a sua bagagem ao pé da caixa enquanto ía buscar alguma roupa. Estranho foi o que se seguiu: "Quando voltei, ja não estava lá a minha mala, e a gerente disse que tinha que a acompanhar pois já tinha chamado a polícia. (...) Eu disse aos senhores agentes que não tinha nenhuma bomba dentro da mala, a única bomba que tinha era de ROUPA! Lá eles me fizeram abrir a mala e começaram a ver o que tinha. (...) Perceberam que eu não sabia que não podia fazer aquilo, e deixaram-me seguir o meu caminho!".

Apesar do tom divertido com que encarou a situação e a transmitiu aos fãs, Luís Borges retirou uma importante lição da experiência: "(...) nunca mais deixo a minha mala de viagem sozinha e abandonada, pois para a próxima eles podem querer ficar com a roupa que esta lá dentro para vestir".

Ler mais

Exclusivos